Hyundai inicia vendas da Edição Comemorativa 1 Million

Em comemoração ao marco de 1 milhão de veículos produzidos na fábrica em Piracicaba (SP), a Hyundai acaba de lançar no mercado a Edição Comemorativa 1 Million, disponível para HB20 e Creta, nas concessionárias da Hyundai em todo o Brasil. As novas séries são limitadas a 4,5 mil unidades, sendo 1,2 mil HB20, 1,3 mil HB20S e 2 mil Creta.

Lançado em janeiro do ano passado, o SUV compacto estreia sua primeira série especial. Um dos destaques do Hyundai Creta Edição Comemorativa 1 Million é a exclusiva “Hyundai Key Band”, chave presencial em formato de pulseira, com visual limpo e sem botões.

Além de desempenhar as principais funções da smart key convencional, a “Hyundai Key Band” proporciona conectividade com smartphone por meio de aplicativo que recebe o mesmo nome. O item pode funcionar como relógio, contador de passos e calorias, medidor de distância percorrida, e, ainda, exibir notificações do celular em seu visor, indicando, por exemplo, quando há chamadas de voz e alarmes. O Hyundai Creta Edição Comemorativa 1 Million ainda conta com partida do motor por botão, faróis com projetor e luz diurna DRL de LED e novas rodas de liga leve de 17”, diamantadas, na cor dark grey.

Assim como o Creta, o HB20 e o HB20S estão repletos de novidades na Edição Comemorativa 1 Million. A versão base é a Comfort Plus, com motor 1.6 e câmbio automático. Mas na série especial, ambos modelos ganham rodas de liga leve de 15”, diamantadas, na cor dark grey, e grade hexagonal com aletas cromadas e contorno em preto brilhante.

São itens de série também os faróis com projetor e light guide de LED, as maçanetas externas cromadas, os vidros elétricos nas quatro portas com one-touch para subida e descida e antiesmagamento, a abertura e o fechamento dos vidros pela chave canivete, o acendimento automático dos faróis, e o volante com regulagem de altura e profundidade. A antena do tipo barbatana vem com exclusividade na versão hatch.

Vendas globais de veículos eletrificados do BMW Group superam as 71.000 unidades em 2018

23/08/2018 – As vendas de veículos eletrificados do BMW Group totalizaram 71.310 unidades em todo o mundo neste ano, registrando um crescimento de 40,6% em relação ao volume de entregas alcançado nos primeiros sete meses do ano passado. Apenas no mês passado, as vendas de veículos BMW i, BMW iPerformance e MINI Electric atingiram 10.649 unidades no mundo, registrando um aumento vigoroso de 30,9%.

O crescimento foi alavancado pela procura da versão híbrida plug-in do sedã executivo BMW Série 5 na China, com um total de 8.078 unidades comercializadas nos primeiros sete meses de 2018 naquele mercado. As entregas de veículos eletrificados em outros mercados importantes, como Estados Unidos e Reino Unido, também atingiram crescimento significativo no mesmo período. Nos EUA, a evolução foi de 39,5%, com um total de 13.874 veículos vendidos até o momento, neste ano, enquanto que no mercado britânico a alta foi de 34,3%, com 9.923 unidades comercializadas.

Presente no Brasil desde 2014, a marca BMW i comercializa no país o compacto premium elétrico i3 e o esportivo híbrido i8. Em junho, a empresa anunciou o início das vendas do novo BMW i3. E as iniciativas eletrificadas do BMW Group, no Brasil, não param por aí. Em funcionamento desde o dia 23 de julho, o maior corredor para carros elétricos da América Latina, com 6 postos de carregamento grátis localizados na Rodovia Presidente Dutra, atende proprietários de veículos elétricos e híbridos que optarem por rodar apenas no modo elétrico, permitindo que façam uma viagem sem uso de combustível fóssil entre as capitais de São Paulo e Rio de Janeiro, as duas capitais mais importantes do Brasil.

Bridgestone lança novo pneu para segmento rodoviário

20/08/2018 – A Bridgestone, fabricante de pneus e detentora da marca Firestone, lançou o pneu radial FS440, o seu principal produto para o segmento rodoviário. O novo modelo apresenta desempenho 20% superior do que o seu antecessor, o FS400, além de apresentar “nota A” no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), no quesito aderência ao piso molhado.

Com maior profundidade dos sulcos, o que aumenta a durabilidade e a segurança, o FS440 tem ombros arredondados, que aumentam a resistência ao arraste lateral, evitando o descolamento prematuro da banda de rodagem. Completando as características do produto, o lançamento apresenta ejetores nos sulcos centrais que ajudam a menor retenção de pedras e Groove Fence, tecnologia que possibilita a redução de ruído.

Na questão segurança, destaque para excelente aderência ao piso molhado. O FS440 recebeu “nota A” na medida 275/80 R22.5, segundo os critérios estabelecidos pelo Inmetro para o Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) para pneus.

Sistema da Kia permite som individual no carro

20/08/2018 – A Kia Motors Corporation apresentou uma nova evolução do SSZ –  Sistema de Som Separado (SSZ). Ainda em desenvolvimento, a tecnologia permite que cada passageiro do veículo acesse individualmente conteúdos de áudio, como músicas, chamadas telefônicas de viva voz e alertas, sem a necessidade de fones de ouvido e sem incomodar os demais ocupantes.

 

O sistema tem capacidade para criar e controlar campos acústicos no carro. Assim, cada um dos ocupantes pode ouvir isoladamente uma música, por exemplo, ao conectar seu smartphone via Bluetooth — sem interferência  nos fluxos de áudio dos outros passageiros. Os alto-falantes instalados no veículo podem reduzir ou aumentar os níveis de áudio das ondas sonoras, o que impede a sobreposição de sons ouvidos em cada assento.

 

Dentre outras possibilidades, as chamadas telefônicas hands-free também podem ser isoladas para cada passageiro, garantindo a privacidade das conversas telefônicas, assim como também sons desnecessários para o passageiro, mas importantes para o motorista, eliminados.

Fiat lança picape Toro Ranch

20/08/2018 – A Fiat apresentou na última sexta-feira (17) a sétima versão de sua picape, a Ranch Diesel 2.0 Turbodiesel 4×4 AT9. O modelo, topo de linha da gama, chega às revendas na última semana de agosto.

 

Desde que foi lançada no mercado brasileiro, no início de 2016, a montadora já comercializou mais de 120 mil unidades da Toro. Logo em seu primeiro ano assumiu a ponta do segmento com 41,3 mil unidades e 26,5% de participação. Em 2017 manteve-se nela com 50,7 mil emplacamentos e fatia ainda maior: 29,6%. Ao longo dos sete primeiros meses de 2018 o ritmo é idêntico.

 

A picape Ranch, por sua vez, entra para reforçar a linha atual composta pelas versões Freedom e Volcano, ambas com o mesmo motor a Diesel. De acordo com a Fiat, com preços a partir de R$ 149.990,00, a nova versão se diferenciará das demais da linha sobretudo pelo acréscimo de itens de série de conforto, como revestimento dos bancos em couro marrom.

 

No entanto, a Ranch pode ser identificada pelas rodas da liga leve de 18 polegadas pintadas de prata, mesma cor adotada na barra do teto e na parte inferior do para-choque dianteiro. A Fiat também optou por  cromar retrovisores, estribos laterais, gancho de reboque removível e santantônio, o que não deixa de ser ótimo chamariz de olhares, embora de gosto duvidoso.

 

O nome Ranch está gravado no encosto dos bancos dianteiros, tapetes, console central e nas portas dianteiras. O marrom foi empregado também nos painéis de portas, apoio de braços e na costura da coifa do câmbio, do freio de mão e do volante, na moldura do rádio, saídas de ar e alças da porta.

Mercedes-Benz e Renault vencem Selo Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais

16/08/2018 – Com 13,9% e 12,3% de depreciação no período de três anos, o Mercedes-Benz Sprinter 415 e o Renault Master Furgão obtiveram as melhores avaliações, respectivamente, nas categorias Caminhões e Utilitários, na 4ª edição do Selo Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais, da Agência AutoInforme, em parceria com a Editora Frota e Textofinal.

Em quatro edições do SMVR-VC, de 2015 a 2018, a Mercedes-Benz venceu em 12 categorias entre Utilitários e Caminhões. Em quatro oportunidades, a marca alemã cravou o título de “Campeão Geral”. Na sequência, a Hyundai em três categorias, sendo duas vez como “Campeão Geral”; a Renault e Volkswagen, três vezes e um título máximo. Fiat, Ford, Volvo Scania e Iveco também venceram nas categorias, mas não anotaram o maior valor de revenda na classificação geral de Utilitários ou de Caminhões.

Embora o estudo de depreciação seja desenvolvido há mais de dezoito anos, a partir dos levantamentos da Molicar, é pela quarta vez que a AutoInforme faz a premiação do setor de utilitários e caminhões, com o objetivo de estimular montadoras e importadoras a valorizar seus próprios produtos e, por consequência, preservar os investimentos de caminhoneiros autônomos e frotistas.

Outros sete modelos foram contemplados pelo Selo Maior Valor de Revenda– Veículos Comerciais. Na categoria Utilitários, além do Renault Master Furgão (furgão de carga e e campeão geral – 12,3%) venceram o Hyundai HR 2.5 TC HD 4×2 (camioneta de carga – 12,9%), Fiat Fiorino Furgão (furgoneta de carga – 14,7%) e o Mercedes-Benz Sprinter Van (minibus – 17%). No grupo Caminhões, o Ford Cargo 816 4×2 (caminhão leve – 20,9%), Mercedes-Benz 1419 4×2 Atego (caminhão médio – 23,6%), Mercedes-Benz 2430 6×2 Atego (caminhão semipesado – 18,9%), Scania G-440 6×4 (caminhão pesado – 24,6%) e o próprio Mercedes-Benz Sprinter 415 (caminhão semileve e campeão geral – 13,9%).

“Para formar o índice de depreciação, foram considerados os preços médios dos veículos zero quilômetro praticados no segundo trimestre de 2015 e seus modelos correspondentes com três anos de uso – abril a junho deste ano –, geralmente prazo inicial de substituição para fins de renovação de frota”, explica José Augusto Ferraz, diretor da Editora Frota.

“Outro critério mantido foi subdividir os veículos em dois grupos, utilitários – com quatro categorias – e caminhões – com outras cinco. A partir desse modelo, analisamos 96 modelos, dos quais 79 de caminhões e 17 de utilitários. Foram excluídos os veículos cujo volume de licenciamento em 2017 foi inferior a 50 unidades, em razão de sua pouca representatividade”, argumenta Ferraz.

Segundo Joel Leite, idealizador do prêmio e diretor da Agência AutoInforme, “esse estudo vem sendo feito há mais de dezoito anos, em parceria com a Molicar. O selo é um reconhecimento às marcas que tiveram os seus veículos entre os de Maior Valor de Revenda em 2018”, para quem “em vez de questionar por quê um utilitário/caminhão perde valor, deveríamos perguntar por quê um veículo mantém um valor de mercado tão alto e por tanto tempo”.

“A depreciação depende de vários fatores: do tamanho do veículo, da marca, da rede de revendedores, do cuidado que a marca tem em relação ao pós-vendas, ao segmento, a origem, ao fato de ter grande volume de venda, à sua aceitação no mercado. Assim, nossa expectativa é que a certificação possa servir de balizador, para uso de fabricantes e distribuidores de veículos, administradores e proprietários de frotas, bancos, financeiras e seguradoras”, enfatiza Leite.
www.autoinforme.com.br

Resultado SMVR – Veículos Comerciais 2018 – Download (pdf)

SMVR – Veículos Comerciais de 2015 a 2018 – Download (pdf)

Venda de usados depende da recuperação econômica

O movimento em julho cresceu 7% no setor de veículos usados em relação a junho, e apresenta um aumento ainda menor no acumulado do ano: os negócios evoluíram apenas 3% no período janeiro-agosto em relação ao ano passado.

O saldo é positivo, mas inferior ao aumento de vendas dos carros novos, que apresentam uma evolução de 14,5% no ano. A situação é portanto diferente da ocorrida no ano passado, quando as vendas de usados foram bem superiores a de carros novos.

O cenário político do País afetou a confiança do consumidor, segundo o presidente da Fenauto, federação que reúne os revendedores, Ilídio dos Santos.

“Esperamos que nas propostas dos candidatos para a economia possam surgir pontos para a recuperação das perspectivas de estabilidade e crescimento com a melhora nos índices de confiança dos consumidores”, disse Ilídio.

Segundo o dirigente, o segmento vai depender da recuperação econômica e da confiança do consumidor para ter resultados melhores nos próximos meses.

Moto para atividade rural tem financiamento especial

Parte dos R$ 31 bilhões destinados à agricultura familiar no Plano Safra 2018/2019 do governo federal vai financiar motos de 150cc a 250cc, exclusivamente para famílias agrícolas cadastradas, com taxa de juros entre 0,5% e 4,6% ao ano.

Os planos vão até 120 meses com carência de até 36 meses.

Enquadram-se no financiamento seis motos da Honda, o quadriciclo TRX 420 Fourtrax e mais os motores estacionários. Da Yamaha são cinco modelos.

A entrada de motos no Programa Pronaf Mais Alimentos é resultado do acordo firmado entre a Abraciclo (a associação dos fabricantes) e a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário.

100 carros seminovos por R$ 30 mil

Existe uma enorme gama de oportunidades no mercado de carros na faixa de R$ 30 mil, valor com o qual você só consegue comprar um Chery QQ no mercado de novos. Todos os demais carros do mercado brasileiro custam acima de R$ 30 mil.

Mas se a opção for por um seminovo, as chances de um bom negócio se multiplicam.

Nós selecionamos 100 carros e comerciais leves, modelos de 2012 a 2019, que podem ser encontrados no mercado na faixa dos R$ 30 mil. Modelos de várias marcas, categorias, tipos de carroceria e motorização. Opções para todos os gostos.

Alguns mal saídos da concessionária, ainda modelo 2019, em estado de zero quilômetro, como um Renault Kwid Life 1.0 12V SCE por R$ 29 mil ou um Fiat Moby Easy 1.0 avaliado em R$ 28,1 mil (o mais barato na lista).

Dois utilitários esportivos fazem parte da lista: um Chery Tiggo FL 2.0 16 válvulas ano 2012 (R$ 30.982,00) e um Lifan X60 modelo 2012, cotado a R$ 30.456,00, conforme tabela Molicar.

Na relação dos 100 modelos por cerca de R$ 30 mil estão seis opções de picapes derivadas de carro de passeio: uma Montana Sport 1.4 oito válvulas ano 2012 por R$ 29.300,00 e outra bem mais nova, modelo 2015, versão LS 1.4 por R$ 30,2 mil. A Strada CS Working 1.4 2014 está cotada a R$ 29 mil e a Saveiro CS City G6 1.6, também 2014, a R$ 28,5 mil. Tem também uma picape da Peugeot, a Hoggar Escapade, modelo 2014, por R$ 29,9 mil.

Outras boas oportunidades são um Citroën C4 Pallas GLX 2.0 ano 2013 por R$ 30.456,00; um Voyage City ano 20-12 por R$ 30.080,00. E que tal um Nissan Versa S com motor 1.6 ano 2013 por R$ 30 mil?

Na mesma faixa de preço é possível comprar um Citroën Aircross GL 1.6 ano 2012 por R$ 29,925,00 e um Hyundai HB20 Confort 1.0 ano 2013 por R$ 29.610,00.

A compra de um seminovo é sempre interessante do ponto de vista financeiro, pois o carro já está depreciado. Segundo o Estudo de Depreciação que define a certificação Maior Valor de Revenda, a média de depreciação do carro no primeiro ano de uso fica em torno de 14%. Nos anos seguintes o índice de depreciação é menor.

Com uma boa pesquisa é possível encontrar seminovos bem conservados e a um preço justo. Veja na lista as 100 opções que selecionamos nessa faixa de preço, conforme cotação da Molicar.

100 carros seminovos por R$ 30 mil

Marca Modelo Ano-Modelo Valor R$
CHERY TIGGO FL 2.0 16V 2012 30.982
FIAT SIENA EL 1.0 8V 2016 30.940
CHEVROLET SONIC SEDAN LT 1.6 16V MT 2012 30.926
FIAT BRAVO ABSOLUTE 1.8 16V 2012 30.900
FIAT IDEA ESSENCE 1.6 16V 2013 30.900
RENAULT MEGANE GRAND TOUR DYNAMIQUE 1.6 16V 2013 30.900
VOLKSWAGEN UP! MOVE UP! 1.0 12V 2014 30.837
PEUGEOT 207 SEDAN ACTIVE 1.4 8V 2015 30.800
RENAULT SANDERO AUTHENTIQUE 1.0 16V 2016 30.800
VOLKSWAGEN SPACEFOX 1.6 8V 2012 30.700
NISSAN MARCH SV 1.0 12V 2014 30.644
NISSAN MARCH ACTIVE 1.0 16V 2015 30.600
VOLKSWAGEN GOL CITY G6 1.0 12V 2016 30.550
CHEVROLET SONIC LT 1.6 16V MT 2013 30.500
FIAT UNO EVO WAY 1.0 8V 2016 30.500
NISSAN TIIDA SL 1.8 16V MT 2013 30.500
PEUGEOT 408 ALLURE 2.0 16V 2012 30.500
TOYOTA ETIOS HATCH XS 1.5 16V 2014 30.500
VOLKSWAGEN FOX PRIME 1.6 8V 2012 30.500
VOLKSWAGEN GOL TRENDLINE G6 1.0 8V 2015 30.500
VOLKSWAGEN POLO 1.6 8V 2012 30.500
CITROEN C4 PALLAS GLX 2.0 16V 2013 30.456
LIFAN X60 1.8 16V 2012 30.456
PEUGEOT 208 ACTIVE 1.5 8V 2013 30.456
KIA PICANTO EX 1.0 12V AT 2013 30.400
PEUGEOT 307 HATCH PRESENCE PACK 1.6 16V 2012 30.400
VOLKSWAGEN GOL CITY G6 1.6 8V 2015 30.400
VOLKSWAGEN PARATI SURF G4 1.6 2012 30.400
NISSAN TIIDA SEDAN 1.8 16V AT 2012 30.361
CHEVROLET ONIX LT 1.0 8V 2014 30.300
NISSAN MARCH SV 1.6 16V 2014 30.300
NISSAN SENTRA 2.0 16V CVT 2012 30.300
VOLKSWAGEN FOX BLUEMOTION 1.0 12V 2014 30.293
CHEVROLET COBALT LT 1.8 8V 2012 30.268
VOLKSWAGEN GOL G6 1.6 8V IMOTION 2014 30.210
CHEVROLET MONTANA LS 1.4 8V 2015 30.200
LIFAN 530 1.5 16V 2016 30.200
NISSAN SENTRA S 2.0 16V MT 2012 30.200
VOLKSWAGEN FOX 1.6 8V 2014 30.200
FIAT MOBI LIKE 1.0 8V 2017 30.174
RENAULT SANDERO STEPWAY 1.6 8V 2012 30.080
VOLKSWAGEN VOYAGE CITY G6 1.6 8V 2012 30.080
CHERY CELER HATCH 1.5 16V 2018 30.000
CHERY CELER SEDAN 1.5 16V 2017 30.000
CHEVROLET COBALT LS 1.4 8V 2013 30.000
CITROEN C3 ORIGINE 1.5 8V 2014 30.000
CITROEN C4 GLX 1.6 16V 2014 30.000
FORD FIESTA HATCH SE 1.6 16V 2012 30.000
NISSAN VERSA S 1.6 16V 2013 30.000
PEUGEOT 207 SW XS 1.6 16V TIP 2013 30.000
VOLKSWAGEN GOL TRACK G6 1.0 8V 2014 30.000
VOLKSWAGEN VOYAGE CITY G6 1.0 8V 2014 30.000
FORD KA S 1.0 12V 2015 29.959
CITROEN AIRCROSS GL 1.6 16V 2012 29.925
FIAT PUNTO ESSENCE 1.8 16V 2012 29.916
PEUGEOT HOGGAR ESCAPADE 1.6 16V 2014 29.900
RENAULT LOGAN AUTHENTIQUE 1.0 16V 2015 29.900
CITROEN C4 GLX 2.0 16V 2013 29.892
NISSAN LIVINA S X-GEAR 1.6 16V 2012 29.870
FORD FIESTA ROCAM SEDAN 1.6 8V 2014 29.800
FIAT 500 CULT EVO 1.4 8V 2012 29.760
VOLKSWAGEN FOX ROCK IN RIO 1.6 8V 2012 29.757
HYUNDAI HB20 COMFORT 1.0 12V 2013 29.610
CHEVROLET CLASSIC LS 1.0 VHC-E 8V 2016 29.600
FIAT SIENA EL 1.4 8V FLEX Eta./Gas. 4p 2014 29.600
VOLKSWAGEN GOL SPECIAL G6 1.0 8V 2015 29.600
FIAT UNO EVO ATTRACTIVE 1.0 8V 2015 29.516
FIAT PALIO ATTRACTIVE 1.4 8V 2014 29.500
PEUGEOT 307 SEDAN PRESENCE 1.6 16V 2012 29.500
VOLKSWAGEN FOX 1.6 8V IMOTION 2012 29.484
FIAT PALIO WEEKEND TREKKING 1.6 16V 2013 29.400
VOLKSWAGEN FOX 1.0 8V 2014 29.400
VOLKSWAGEN SAVEIRO CS STARTLINE G6 1.6 8V 2015 29.400
CHEVROLET MONTANA SPORT 1.4 8V 2012 29.300
CHEVROLET AGILE LTZ 1.4 8V 2013 29.295
FIAT PUNTO EVO ATTRACTIVE 1.4 8V 2014 29.200
TOYOTA ETIOS HATCH X 1.3 16V 2015 29.200
CHERY NEW QQ  ACT 1.0 12V 2018 29.000
CITROEN C4 PALLAS GLX 2.0 16V AT 2012 29.000
FIAT STRADA CS WORKING 1.4 8V 2014 29.000
FIAT UNO EVO WAY 1.4 8V 2014 29.000
NISSAN MARCH SR 1.6 16V 2014 29.000
RENAULT KWID LIFE 1.0 12V SCE 2019 29.000
RENAULT SANDERO TECH RUN 1.0 16V 2014 29.000
JAC J6 DIAMOND 2.0 16V 2013 28.938
CITROEN C3 PICASSO GLX 1.6 16V 2012 28.900
RENAULT CLIO EXPRESSION 1.0 16V 2016 28.900
FIAT PALIO FIRE WAY 1.0 8V 2017 28.800
JAC J3 HATCH S 1.5 16V 2016 28.700
VOLKSWAGEN GOL G6 1.6 8V 2015 28.520
CITROEN C3 TENDANCE 1.5 8V 2013 28.500
PEUGEOT 207 HATCH ACTIVE 1.4 8V 2015 28.500
RENAULT SANDERO PRIVILEGE 1.6 8V 2014 28.500
VOLKSWAGEN SAVEIRO CS CITY G6 1.6 8V 2014 28.500
CHEVROLET CELTA LT 1.0 VHC-E 8V 2016 28.400
FORD FIESTA ROCAM SEDAN SE PLUS 1.0 8V 2014 28.400
VOLKSWAGEN GOL POWER G5 1.6 8V 2013 28.400
PEUGEOT 207 SW ESCAPADE 1.6 16V 2013 28.200
TOYOTA ETIOS HATCH XS 1.3 16V 2013 28.200
FIAT MOBI EASY 1.0 8V 2019 28.100
Fonte: AutoInforme / Molicar